Arco-íris (Rainbow) 2012

Arco-íris (Rainbow) 2012

Na tradição judaico-cristão, o arco-íris simboliza a aliança do céu com a terra depois do dilúvio. Já para a ciência, é a complexa combinação entre água, óptica e a luz refletida.
E para nós, o que significa?

Bom, pra mim é pura beleza. É arte (divina) com muita técnica (óptica) que nos agracia de tempos em tempos e sempre nos desperta a criatividade, seja em texto, seja em pintura ou em fotografia.

E como todo fim de ano, revendo algumas fotografias, me deparei com muitas fotos de arco-íris que tive o privilégio de ver (e por vezes fotografar) em culturas completamente diferentes e com pessoas completamente diferentes. O curioso é que cada um via seu próprio arco de cores, entendia de forma particular aquele fenomeno tão especial.

Claro que tive de recorrer a alguns sites para entender um pouco mais e cheguei a um texto que diz que na verdade, “trilhões de gotas são necessárias para fazer um arco-íris, mas a informação mais importante é que, na verdade, não há apenas um”.

Cada pessoa, cada observador vê seu próprio arco-íris, e segundo o texto:

arco-íris

“A razão pela qual enxergamos um único arco-íris, é o jeito como eles são formados. Quando um raio de sol atravessa os pingos de água, os diferentes comprimentos de onda de luz contidos nele são colocados fora de curso em quantidades diferentes: os que correspondem à cor vermelha têm desvio mínimo, e os violetas, o máximo. O que emerge da gota de chuva é, portanto, uma propagação de cores, cada uma em um ângulo, de aproximadamente 40º a 42º. Enquanto isso acontece com cada pingo de chuva iluminado pelo sol, cada um de nós vemos apenas o arco-íris formado por aquelas gotas que estão na direção angular certa para enviar as diferentes cores para os nossos olhos. Então, cada pessoa recebe um arco-íris único e especial, criado por um grupo dedicado de gotas de chuva no céu.”

Depois disso, virei um aficcionado por arco-íris ;)

Mas antes de mostrar as fotos de arco-íris, o meu desejo é que este ano você tenha seu arco-íris pessoal e intransferível, perfeito e único. Que em 2012 possamos ver juntos muitos desses arco-íris, cada um sob uma ótica particular. Seja ela pela pura beleza ou pela técnica, pela complexidade científica ou pela aliança divina.

Ótimo 2012!
fonte: Revista Conhecer