o velho e o mar

o velho e o mar

“Deixe-me ir preciso andar
Vou por aí a procurar
Rir prá não chorar.

Quero assistir ao sol nascer
Ver as águas dos rios correr
Ouvir os pássaros cantar
Eu quero nascer, quero viver.

Se alguém por mim perguntar
Diga que eu só vou voltar
Depois que me encontrar.”

Cartola